A facilidade de se locomover com o auxílio de aplicativos de GPS tornou o dia a dia das pessoas muito mais simples, ajudando principalmente em destinos distantes e viagens. Mas e quando o caminho apresentado por eles, oferece risco para a segurança do motorista?

segurança do motorista

Não são poucos os casos no Brasil de pessoas que confiaram na direção apresentada  por aplicativos famosos e tiveram destinos trágicos ao serem direcionados para locais de extremo risco e comunidades em guerra. De assaltos a carros baleados, os perigos são muitos e você precisa estar atento para saber como se precaver.

–  O que fazer para aumentar a segurança do motorista

– Peça ajuda quando desconfiar do caminho

– Caso seja abordado, mantenha a calma

A primeira medida para que a sua viagem seja mais segura, é manter sempre o GPS atualizado, principalmente quando ele for do tipo colaborativo, como o Waze. Com isso, você evita que imprevistos como fechamento de acessos ou construção de viadutos, por exemplo, te joguem para uma rota alternativa e indesejada.

Mais uma dica importante é sempre colocar a opção “caminho mais fácil” nas configurações do app. Quando você seleciona esse tipo de trajeto, automaticamente o seu caminho incluirá mais avenidas e ruas principais. Dificilmente um GPS nesse modo incluirá uma rua estreita e escura no trajeto, por exemplo. Nem te direcionará para dentro de comunidades e aumentará a segurança do motorista.

Mas cuidado! Os aplicativos contam também com a opção “caminho mais curto”. Essa é a mais perigosa. Ela faz uma avaliação geométrica da área e inclui no trajeto todas as ruas e vielas que encontrar que possam diminuir a quilometragem até o destino final. Com isso, as chances de você parar em um lugar de risco são altas.

segurança do motorista

Peça ajuda quando desconfiar do caminho

Mesmo com todas essas recomendações, muitas pessoas acabam utilizando o GPS com pressa e acabam confiando no primeiro caminho mais rápido que ele sugeriu, sem checar por onde o carro passará. É aí que mora o perigo.

Caso você se encontre em um local aparentemente perigoso e não saiba como voltar, não hesite em pedir ajuda. Tente manter a calma e veja se ao seu redor existem órgãos públicos, como delegacias, postos de saúde ou hospitais. Eles são sempre os pontos mais seguros. Caso não encontre, se dirija ao comercio mais próximo e explique que está perdido e precisa de ajuda para achar o melhor caminho de volta. Pergunte também se ali há algum local onde você não deve passar.

segurança do motorista

Tenha calma quando abordado

Caso não consiga se localizar a tempo e bandidos abordarem o veículo, a dica não tem como ser outra além de: tenha calma, não reaja e obedeça às ordens do ladrão. Se for noite, acenda a luz interna, para que ele saiba o que você está fazendo e não pense que está reagindo. Abaixe também os faróis e deixe as duas mãos à vista.

Assim que a abordagem acabar e eles forem embora, procure imediatamente a polícia e registre boletim de ocorrência.

Sobre o projeto
Enquanto o Estado e gestores públicos não acabam com a violência instaurada no País, o que resta ao cidadão? A proposta do portal "Violência Social" é contribuir com respostas, ser um canal de conteúdo estratégico onde a população terá informações sobre como lidar com a violência e se defender, além de conhecer melhor os seus direitos.